A visão pode ser afetada na gravidez?


Pode! Mas, em primeiro lugar, saiba que isso não deve ser motivo de preocupação. A gestante, além de sofrer mudanças físicas e emocionais, também está sujeita a alterações oculares. Os incômodos se justificam pela alta concentração de hormônios femininos no organismo e pelo aumento do volume de sangue circulando no corpo da mãe.

Abaixo, descrevemos as alterações mais comuns:

Olho seco: é quando se tem diminuição na quantidade de lágrimas nos olhos e isso causa coceira, ardência e vermelhidão.

Mudança de grau: pode haver um desvio refrativo, aumentando ou diminuindo o grau dos óculos ou lentes de contato. A condição geralmente é passageira e volta ao normal poucos meses após o nascimento da criança. Entre os sintomas, estão dores de cabeça e tontura.

Visão manchada: pode ser sinal de pressão alta durante a gravidez. O quadro exige acompanhamento médico, já que os níveis muito elevados de pressão sanguínea podem provocar hemorragias na retina.

Essas manifestações, muitas vezes, passam despercebidas, mas é fundamental ter um acompanhamento médico para garantir o bem-estar e a saúde da gestante e também do bebê ao longo dos nove meses.


0 comentário

Posts recentes

Ver tudo