8 dúvidas comuns sobre ceratocone


1- O que é?

É uma doença progressiva que causa deformação na córnea, que originalmente tem um formato de esfera e passa a ter formato de cone, causando alto grau de miopia e astigmatismo


2 - Quais são as causas?

Ainda não se conhece a causa exata, mas sabe-se que ele está relacionado a fatores genéticos e hereditários. Além disso, coçar os olhos também aumenta as chances de desenvolver a doença.


3 - Com qual idade se manifesta?

Na juventude, entre 10 e 25 anos, e pode progredir até os 40 anos ou estabilizar-se com o tempo.


4 - Como sei se tenho ceratocone?

Apenas o médico oftalmologista, através de exames, pode diagnosticar e definir o estágio da doença.


5 - Pode levar a cegueira?

Não, mas pode causar perda da visão funcional que faz com que a pessoa de locomova sozinha na rua, dirija etc. Quanto antes descoberto, maior a chance de retardar a evolução da doença.


6 - É possível prevenir o ceratocone?

Não existe prevenção, mas manter as consultas oftalmológicas em dia é fundamental para quem tem predisposição à doença e evitar coçar os olhos previne a progressão.


7 - Quais são os sintomas?

O paciente pode apresentar sensibilidade à luz, comprometimento da visão noturna, visão dupla e formação de múltiplas imagens de um mesmo objeto.


8 - Quais são os tratamentos?

Depende do estágio da doença, pode ser meio de uso de óculos, lentes de contato, crosslinking, anéis intra-estromais e, em último caso, transplante de córnea.


Esse post é para você se informar sobre a doença, mas não deixe de conversar com o seu médico oftalmologista sobre o ceratocone.

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo